Poses de ioga para combater a enjôo

Home » Review » Health » Poses de ioga para combater a enjôo

Poses de ioga para combater a enjôo

O enjôo é causado quando uma parte do seu sistema de equilíbrio detecta movimento, enquanto as outras partes não. Náusea, dor de cabeça, sudorese, vômito e mal-estar são os sintomas comuns. Eles diminuem quando o movimento pára. No entanto, práticas de ioga como Sirasasana, Sarvangasana, Matsyasana, Vrikshasana e Nadi Shodhan Pranayama podem ajudar a prevenir e controlar o enjôo.

Sentir-se mal ao viajar de carro, navio ou avião é geralmente denominado enjôo. Os sintomas comuns incluem mal-estar, náusea, dor de cabeça, suor e vômito, que geralmente diminuem quando o movimento é interrompido. É causado quando uma parte do seu sistema de equilíbrio detecta movimento, enquanto as outras partes não. Por exemplo, quando você está em uma rodovia dentro de um carro, seus ouvidos internos sentem o movimento do ar, mas seus olhos não percebem uma mudança. A incompatibilidade entre os dois sentidos induz enjôo.

Como no caso de outras condições de saúde, a ioga tem se mostrado eficaz na prevenção e controle do enjôo. Ajuda a alcançar estabilidade e equilíbrio entre seus sentidos, tornando sua viagem mais tranquila. Mencionados abaixo são os asanas. Prevenindo a doença de movimento através do Yoga.

1. Sirasasana (cabeceira)

Sirasasana aumenta o fluxo sanguíneo para os olhos, couro cabeludo e cabeça, aumentando o nível de suprimento de oxigênio para essas partes. Também ajuda a aliviar o estresse e se concentrar melhor, que são vitais para superar o enjôo.

  • Mova seu tapete próximo à parede para que você possa obter o suporte.
  • Entrelace os dedos firmemente, as palmas formando um copo.
  • Coloque a coroa da cabeça no chão de forma que toque as palmas das mãos.
  • Levante os joelhos do chão e mova os dedos dos pés para dentro em direção à cabeça.
  • Levante lentamente as pernas do chão e descanse-as na parede.
  • Depois que seu corpo ficar devidamente equilibrado nesta posição, estique as pernas lentamente.
  • Certifique-se de que a coluna e as coxas estão alinhadas, retas e verticais.
  • Feche os olhos e relaxe todo o corpo respirando profundamente.
  • Fique na postura enquanto se sentir confortável.
  • Volte à posição inicial deslizando os joelhos até o chão.
  • Fique na posição da criança por alguns minutos e respire profundamente para relaxar completamente.

2. Sarvangasana (posição de ombro)

Sarvangasana

Sarvangasana melhora a visão e melhora a coordenação entre o cérebro e os olhos. Também melhora a circulação sanguínea nos ouvidos, fortalecendo a capacidade auditiva. Esses benefícios ajudam a gerenciar bem o enjôo.

  • Deite-se no tapete e relaxe por 5 contagens de respirações profundas.
  • Coloque as mãos de lado e perto do corpo e junte os pés.
  • Levante as pernas e aproxime-as do peito.
  • Coloque as mãos nas costas e levante a parte inferior do corpo lentamente.
  • Alongue também as pernas, de modo que todo o corpo fique em linha reta, com os braços apoiando as costas com firmeza.
  • Mantenha a postura o máximo que puder.
  • Para voltar à posição normal, dobre a perna a partir dos joelhos e abaixe a parte superior do corpo.
  • Volte para o colchonete e descanse antes de repetir a postura.

3. Matsyasana (postura do peixe)

Matsyasana fortalece seu pescoço e ombros. A melhora da circulação sanguínea para o cérebro impacta positivamente os órgãos dos sentidos e ajuda a aliviar o estresse sobre eles.

  • Deite-se de costas com a coluna reta e relaxe as mãos e as pernas.
  • Coloque as mãos abaixo da bunda, levantando ligeiramente a pélvis. Deixe seus antebraços dobrarem em seus lados e seu bumbum descansar em suas palmas.
  • Inspire e levante as costas, levantando o peito, a cabeça, os ombros e as costas do chão com a ajuda dos antebraços.
  • Agora, deixe cair sua cabeça para trás, permitindo que o topo de sua cabeça descanse no tapete. Deixe que os cotovelos suportem a maior parte do peso do corpo.
  • Mantenha essa postura por um período confortável, enquanto respira profundamente.
  • Volte à posição inicial trazendo a parte superior do corpo para baixo sobre o tapete e relaxando as mãos e as pernas.

4. Vrikshasana (postura da árvore)

Como fazer o Vrikshasana e quais são seus benefícios

Vrikshasana melhora o equilíbrio e a estabilidade do corpo. Também melhora a circulação sanguínea e fortalece o sistema respiratório. Isso ajuda a superar o enjôo, melhorando o olfato.

  • Fique em pé com os pés afastados na largura do quadril e o peso igualmente distribuído entre eles. Deixe sua coluna ereta e os braços ao longo do corpo.
  • Flexione o joelho direito e levante o calcanhar direito em direção à pélvis. Isso colocará todo o peso do seu corpo na perna esquerda.
  • Coloque o calcanhar do pé direito na parte interna da coxa esquerda, com os dedos apontando para o tapete e o joelho direito voltado para fora.
  • Pressione o pé e a parte interna da coxa um contra o outro.
  • Coloque as mãos na frente do peito com as palmas pressionadas juntas em uma posição de oração.
  • Estenda os braços acima da cabeça de modo que os bíceps toquem suas orelhas. Mantenha os cotovelos retos e permaneça na posição por pelo menos 1 minuto.
  • Repita a postura com o pé esquerdo pressionando a coxa direita.

5. Nadi Shodhan Pranayama (respiração alternativa da narina)

Esta técnica de respiração purifica o sangue, aumenta o suprimento de oxigênio para os órgãos dos sentidos e mantém você ativo durante todo o dia.

  • Sente-se confortavelmente na posição de lótus ou com as pernas cruzadas e respire fundo por 5 rodadas.
  • Pressione o polegar direito na narina direita e inspire profundamente pela narina esquerda.
  • No pico da inalação, feche a narina esquerda com o dedo anular da mão direita, enquanto o indicador e o dedo médio repousam sobre a testa.
  • Expire pela narina direita.
  • Repita o processo trocando as narinas para inspirar e expirar.